Meninos da Casa Lar podem conquistar título estadual inédito em casa

Araranguá – A primeira partida da decisão do Campeonato Catarinense Infantil Aberto 2018 ocorreu no último sábado, 16. Em Blumenau, os meninos da Ass. Irmã Carmen, de Araranguá, venceram...

Esportes
Por: Colunista Esportes
casa lar

Araranguá – A primeira partida da decisão do Campeonato Catarinense Infantil Aberto 2018 ocorreu no último sábado, 16. Em Blumenau, os meninos da Ass. Irmã Carmen, de Araranguá, venceram o CA Metropolitano por 3 a 2, de virada.

Jogo de ida

Para reverter a vantagem da Ass. Irmã Carmen na decisão o Metropolitano precisava vencer e abriu o placar logo aos 9 minutos com Guilherme. A vantagem no placar durou até aos 28 minutos, quando João Vinícius deixou tudo igual.

Invictos na competição, os meninos da Ass. Irmã Carmen viraram ainda no 1º tempo, aos 32 minutos, Gabriel Pereira marcou o segundo gol. O 2º tempo começou a Ass. Irmã Carmen ampliando logo aos 4 minutos com Vinícius Gabriel, O CA Metropolitano conseguiu diminuir a diferença aos 30 min do 2º tempo no gol com João Victor, 2 a 3.

Decisão será em Araranguá

A partida de volta da decisão será neste sábado, às 15 horas, na Casa Lar, em Araranguá. A Ass. Irmã Carmen pode perder por um gol de desvantagem que ainda será campeã. O CA Metropolitano precisa vencer por dois gols para ficar o título.

“Os meninos estão muito confiantes! Sabem que vai ser um jogo difícil, assim como foi no jogo de ida. Então, estamos nos preparamos muito para conquistar esse título estadual inédito! Estamos organizando um evento bacana pra nossa cidade, uma preliminar com os meninos do Sub-9 da Casa Lar contra Maracajá. Estamos correndo atrás para fazer essa final inesquecível”, declarou o treinador, Daniel Gomes Soares, o popular Esquerdinha.

Cristina Possamai

Natural de Turvo (SC). Jornalista formada. Aficionada pelo mundo do esporte com experiência na cobertura do Criciúma nas séries A, B e C do Brasileirão. Participação na área de Operações de Imprensa na Arena da Baixada (Curitiba) durante a Copa do Mundo de 2014 e atuação nas Olimpíadas do Rio 2016 no Maracanã e no Estádio Nilton Santos.