Consciência em favor a vida contra as drogas

Nesta semana que passou, mais precisamente nos dias 26/06 e 29/06 a polícia militar de Turvo em parceria com a prefeitura municipal e escolas  do estado e município realizou...

Geral
Por: Colunista Geral
IMG-20180701-WA0089

Nesta semana que passou, mais precisamente nos dias 26/06 e 29/06 a polícia militar de Turvo em parceria com a prefeitura municipal e escolas  do estado e município realizou dois atos de conscientização junto as crianças, adolescentes e jovens do município de Turvo. Historicamente nossos policiais militares através do Conseg no mês de junho têm realizado palestras a respeito da problemática envolvendo o universo das drogas tanto ilícitas quanto lícitas. Neste ano de 2018 a metodologia foi um pouco diferente embora o assunto abordado fosse o mesmo. Desta forma no dia 26/06 na terca feira pela manhã estudantes das redes municipais e estaduais realizaram uma passeata no centro da praça de Turvo, carregando cartazes confeccionados previamente nas salas de aulas sobre a orientação de seus professores. Assim, cada turma teve a liberdade na elaboração dos cartazes com frases de efeito ou desenho alusivo a temática das drogas.  Após a passeata os cartazes foram entregues aos responsáveis pelo evento; o cartaz vencedor deste ano foi da escola municipal Laurita Manfredini elaborado pela turma do 6° ano. A premiação de incentivo  será um jantar com a participação de todos os alunos desta turma.  A segunda parte do trabalho do grupo Conseg se concretizou na sexta feira 29/06 na parte da manhã e da tarde; Desta vez o local escolhido foi o Centro de Eventos da prefeitura municipal localizado junto ao parque de exposições de Turvo. Neste dia foi apresentado uma peça teatral ” Cada um no seu quadrado” pelo grupo de artes cênicas Aurora. A abordagem do teatro  resgatou a importância da consciência que devemos ter no dia a dia no que tange ao enfrentamento do mundo das drogas em defesa  da vida visando o equilíbrio de nossa saude fisica e mental. Como foi muito bem ressaltado nestes dois momentos, este trabalho para ter êxito precisa do envolvimento de todos os segmentos da sociedade: família, escola, igrejas,  polícia e poder público, bem como todas as entidades e órgãos que trabalham em prol da sociedade.  Visto que o alcance das drogas atinge todas as faixas etárias e as diferentes classes sociais independente das formações intelectuais das mesmas, se faz necessário um trabalho conjunto e ininterrupto, pois a complexidade do problema   jamais será resolvido com um trabalho realizado de forma isolada. Parabenizamos o nobre trabalho de todas entidades envolvidas, mais precisamente a polícia militar através do Sargento Piccolo, pelo seu empenho em visitar todas as escolas e incentivar a participação de todos, a prefeitura municipal através da secretarias da educação  e da cultura, o Prefeito Tiago,  a Secretária Susana e Secretário Jair que não mediram esforços no apoio ao evento tanto na cedência dos espaços , quanto na garantia do meio de transporte aos alunos e professores das escolas envolvidas. Sem esquecer o trabalho dos apoiadores, diretores de escolas, professores e representantes do Conselho Tutelar, do Conseg, do CRAS, do CDL e da sociedade Turvense sempre presente nestes momentos importantes onde se busca a construção de um futuro melhor com mais amor, mais cuidado e mais respeito a vida e ao ser humano.       Parabéns a todos!!!

José Pedro Idalino

Eu sou o professor Jose Pedro Idalino, e sou natural de Turvo, filho da capital Turvo Baixo. De 1979 a 1985 fui seminarista da Ordem dos servos de Maria. Me formei na PUC do Paraná em 1987 com licenciatura em Filosofia e bacharelado em História e psicologia. Iniciei minha carreira de professor, começando no Pedro Simon em Ermo depois Jorge Shultz e colégio estadual de Turvo atual EEB Joao Colodel, no qual estou a 29 anos e hoje atuo na direção do Colégio pela segunda vez. Trabalhei como professor também em escolas particulares como Objetivo, Energia e Universidades como Unisul, Unibave e Unesc. Na Unesc fiz pós graduação em História e Mestrado em Educação. Atuei como professor por 15 anos em cursos como História, Matemática, letras, arquitetura, enfermagem, Artes visuais, Psicologia, Engenharia de materiais, Pedagogia, Administração comercio Exterior e Direito.