Bingo Rural – 24 anos de história

Nesta última sexta feira 14/09, a Escola de Educação Básica João Colodel realizou o seu 24° bingo rural. Este evento foi criado pela primeira vez no ano de 1995...

Geral
Por: Colunista Geral
IMG-20180916-WA0067

Nesta última sexta feira 14/09, a Escola de Educação Básica João Colodel realizou o seu 24° bingo rural. Este evento foi criado pela primeira vez no ano de 1995 quando na ocasião os diretores do então colégio estadual eram os professores José Domingos Marcelo (geral) e José Pedro Idalino (adjunto); o presidente da APP era o Senhor Humberto Tonetto. Na época este bingão foi criado para capitanear recursos para escola, mas também para homenagear os nossos produtores rurais, visto que a agricultura é uma base forte do município de Turvo. Desta forma os cinco primeiros prêmios, historicamente sempre mantiveram brindes advindos do meio rural, tais como novilhos, porcos, ovelhas, perus, peixes como carpas e tilápias, queijos, salames e vinhos, além de produtos como arroz, aipim e uma variedade de frutas e verduras. Paralelamente aos brindes derivados da colônia o bingo sempre foi recheado de brindes da parte urbana, dos mercados, lojas, restaurantes, bares e lanchonetes, salões de beleza, cabeleireiros, floriculturas, postos de gasolina, fábricas de móveis e metal-mecânico, além de padarias e lojinhas de produtos artesanais. Neste ano de 2018 os cinco primeiros prêmios mantiveram a tradição do meio rural sendo um novilho o primeiro prêmio no valor de 1000 reais. Todavia além das cinco rodadas, mais 19 foram acrescentadas totalizando 24 rodadas em homenagem aos 24 anos de criação deste bingo . Em todas as rodadas tivemos shows de prêmios também advindos das empresas e lojas da nossa cidade e municípios vizinhos. Muitas pessoas, tais como empresários, médicos e agricultores fizeram doações em dinheiro colaborando decisivamente para as eventuais despesas recorrentes na organização do evento. Conforme relato do presidente da APP José Domingos Marcelo e o do Diretor José Pedro Idalino, o bingo deste ano mesmo em tempos de crise, teve um público recorde de mais de 1200 pessoas, bem como um recorde de brindes e doações em dinheiro em relação a outras edições. A fórmula encontrada para alavancar as vendas das cartelas entre alunos foi a concessão de uma cartela de bingo a cada cinco vendidas. Outro fator importante foi a manutenção do valor da cartela em dez reais, o qual vem sendo mantido desde 2015. Segundo os organizadores o saldo final ainda não foi concluído visto que existem despesas a serem pagas; mas logo que as contas forem fechadas, os valores serão colocados para toda comunidade escolar. Segundo o Diretor José Pedro, é com o dinheiro deste bingo que a escola custeia as despesas gerais do dia dia, os gastos com telefone e paga a contadoria da APP mensalmente no Período de um ano. Além de outros recursos que a escola recebe como o PDDE e cartão do diretor para custear despesas específicas, este recurso do bingo é significativo e importante.
Portanto, a Direção da EEB JOÃO COLODEL e sua APP, creditam o sucesso deste bingo aos parceiros colaboradores que começam com professores, alunos, passa pelo voluntariado de pais e mães da APP e CDE e culmina com a imensa ajuda da sociedade Turvense. Sem este apoio de todos seria impossível realizar tal evento. Entendemos que este apoio incondicional dos nossos munícipes para com a instituição escolar reflete acima de tudo a confiança no processo educativo feito em prol de seus filhos. A escola portanto estende o agradecimento a toda a sociedade Turvense, especialmente a secretaria de Cultura municipal pela cedência do Parque de Exposições e aos presidentes das entidades do Lions clube, Rotary clube, movimento de irmãos, CTG, Aditalia, Bairro São Luís e Movimento carismático pela cedência de seus espaços (barracas) para confecção e venda de alimentos por parte das turmas formandas. Cordialmente os organizadores deixam seu agradecimento também ao professor e comunicador da Rádio Imigrantes Ninomar Moro, o Pinho, o qual tem sido responsável nestes anos todos pela divulgação, comunicação, animação e cantação dos números no evento.
A comunidade escolar a partir de sua APP e direção agradece e parabeniza a todos!!

José Pedro Idalino

Eu sou o professor Jose Pedro Idalino, e sou natural de Turvo, filho da capital Turvo Baixo. De 1979 a 1985 fui seminarista da Ordem dos servos de Maria. Me formei na PUC do Paraná em 1987 com licenciatura em Filosofia e bacharelado em História e psicologia. Iniciei minha carreira de professor, começando no Pedro Simon em Ermo depois Jorge Shultz e colégio estadual de Turvo atual EEB Joao Colodel, no qual estou a 29 anos e hoje atuo na direção do Colégio pela segunda vez. Trabalhei como professor também em escolas particulares como Objetivo, Energia e Universidades como Unisul, Unibave e Unesc. Na Unesc fiz pós graduação em História e Mestrado em Educação. Atuei como professor por 15 anos em cursos como História, Matemática, letras, arquitetura, enfermagem, Artes visuais, Psicologia, Engenharia de materiais, Pedagogia, Administração comercio Exterior e Direito.