Alunos da EEB João Colodel se destacam na VI Feira multidisciplinar regional

Na sexta feira do dia 27/09/19 o colégio estadual de Araranguá Douvina Leite sediou a fase regional da VI feira multidisciplinar. Representando a EEB João colodel tivemos dois trabalhos...

Geral
Por: Colunista Geral
IMG-20191004-WA0079

Na sexta feira do dia 27/09/19 o colégio estadual de Araranguá Douvina Leite sediou a fase regional da VI feira multidisciplinar. Representando a EEB João colodel tivemos dois trabalhos do Ensino médio, o Simulador de Tsunamis e mão robótica com a orientação das professoras Alexandra e Grasciana; do fundamental tivemos um trabalho, ” motor Stirling” com a reutilização de material de sucatas sob a orientação das professoras Vanessa Colares e Juliane Souza de Oliveira com seus alunos Jeison Pires Fregulia e Cristoffer Fregulia de Souza. Este foi o trabalho vencedor na categoria do ensino fundamental e nos importa conhecer a síntese do projeto. Segundo a professora Juliane “A justificativa do trabalho parte de uma análise de nossos hábitos de consumo e seus impactos no meio ambiente; encontrar uma alternativa que reduzam esses impactos se faz necessário. Reutilizar materiais é convergente com essa necessidade. Desta forma, podemos entender que consumo sustentável é o uso de produtos e serviços de tal maneira que esse impacto seja mínimo possível, tanto para a presente geração quanto para as futuras. As preocupações ambientais atuais consideram o elevado consumo humano de produtos que são facilmente descartados, quando poderiam ser reciclados ou então reutilizados”.
Quando se fala em meio ambiente e sustentabilidade uma das temáticas em pauta é a produção de energia, que tem desafiado o ser humano há muito tempo, ela depende de processos que estão diretamente ligados à natureza.
O projeto foi desenvolvido durante os meses de julho a agosto do ano letivo de 2019 com intuito de que os estudantes da E.E.B. João Colodel participarem da Feira Multidisciplinar escolar. Os alunos do 6º e 9° ano do ensino fundamental foram instruídos pela professora a confeccionar objetos ou brinquedos reutilizando materiais.
A ideia dos alunos Jeison e Cristoffer, que são primos, foi de construir um Motor Stirling usando materiais de sucata. Segundo Jeison, ele tem interesse pela construção de objetos e investigação de como os mesmos funcionam, e viu na feira da escola a oportunidade de mostrar seu talento. O estudante também relatou que é incentivado pela família a estudar e a desenvolver experimentos/brinquedos de cunho tecnológico. Na residência do aluno há um espaço destinado as criações e invenções, onde o motor Stirling foi idealizado e produzido.
O motor Stirling é uma alternativa na produção de energia, e se tratando da construção com emprego de materiais reutilizados, tem impacto positivo duplo. Este tipo de máquina térmica visava na sua época, à substituição do motor a vapor, com qual tem uma grande semelhança estrutural e teórica. No início do século XIX, as máquinas a vapor explodiam com muita freqüência, devido à precária tecnologia metalúrgica das caldeiras, que se rompiam quando submetidas à alta pressão. Comovidos com a dor das famílias dos operários mortos em acidentes, os irmãos Stirling buscaram idealizar um mecanismo mais seguro. O uso de motores Stirling vem despertando o interesse novamente, principalmente devido à sua característica de motor de combustão externa, sendo possível utilizar diferentes fontes de combustíveis. Este tipo de motor necessita apenas de uma fonte calor, que independe do tipo de combustível, desta forma é possível, por exemplo, o uso de energia solar e biomassa como fonte de calor. O estudo nessa área tem chance de representar um satisfatório desenvolvimento de novas tecnologias. Importa lembrar que projeto do Motor Stirling foi selecionado pela equipe organizadora da Feira Multidisciplinar Escolar de 2019 para representar a E.E.B. João Colodel na categoria Ensino Fundamental na VI Feira Multidisciplinar Regional na cidade de Araranguá, evento que ocorreu no dia 27/09/2019. No evento acima citado, participaram escolas da rede pública estadual do ensino fundamental e médio da região da AMESC.
O trabalho dos alunos escola João Colodel foi eleito por avaliadores de instituições de Ensino Superior da Região Sul Catarinense, sob critérios elencados no edital próprio da VI Feira Multidisciplinar Regional, como o trabalho que mais se destacou, sendo classificado como 1º lugar na categoria Ensino Fundamental. Por conseguinte irá representar a Região Sul Catarinense na XIII Feira Estadual de Ciência e Tecnologia da Educação Básica e Profissional da Rede Pública de Ensino de Santa Catarina que acontecerá de 28/10/2019 à 30/10/2019 na cidade de Blumenau-SC. Parabenizamos portanto aos belos trabalhos de pesquisa produzidos por professores e alunos da EEB João Colodel, e em especial o trabalho motor Stirling que representará todo o ensino
fundamental da região da Amesc na fase estadual. Educação se faz com ensino e pesquisa, teoria e prática. Parabéns a todos!

Fontes( feira multidisciplinar escolar e regional, projeto motor Stirling, professora Juliane Souza de Oliveira,alunos Jeison Pires Fregulia e Cristoffer Fregulia de Sousa)

José Pedro Idalino

Eu sou o professor Jose Pedro Idalino, e sou natural de Turvo, filho da capital Turvo Baixo. De 1979 a 1985 fui seminarista da Ordem dos servos de Maria. Me formei na PUC do Paraná em 1987 com licenciatura em Filosofia e bacharelado em História e psicologia. Iniciei minha carreira de professor, começando no Pedro Simon em Ermo depois Jorge Shultz e colégio estadual de Turvo atual EEB Joao Colodel, no qual estou a 29 anos e hoje atuo na direção do Colégio pela segunda vez. Trabalhei como professor também em escolas particulares como Objetivo, Energia e Universidades como Unisul, Unibave e Unesc. Na Unesc fiz pós graduação em História e Mestrado em Educação. Atuei como professor por 15 anos em cursos como História, Matemática, letras, arquitetura, enfermagem, Artes visuais, Psicologia, Engenharia de materiais, Pedagogia, Administração comercio Exterior e Direito.